puerto natales
scattered clouds
4.9 ° C
4.9 °
4.9 °
82%
0.6kmh
36%
Tue
13 °
Wed
8 °
Thu
9 °
Fri
8 °
Sat
9 °

Puerto Natales – Chile (Patagônia)

A photo posted by Boralá (@boralablog) on

Puerto Natales
Remota Cidade na Patagônia Chilena



 

 

Assim como Punta Arenas, Puerto Natales é uma cidade pequena e aconchegante. Com suas casinhas todas coloridas, é o ponto de partida para diversas expedições entre cavernas, geleiras e montanhas.

Puerto Natales teve para nós um único significado, conhecer um dos pontos mais extraordinários e exóticos não só da Patagônia, como também da América do Sul, e eu arriscaria dizer do mundo se não houvessem ainda outros inúmeros lugares para visitar. E o ponto do qual nos referimos nada mais é que o Parque Nacional de Torres del Paine.

Passamos apenas 2 dias na cidade, um antes e um depois do trekking de 83 km no famoso Circuito W do Parque Nacional Torres del Paine, mas tempo que foi suficiente para nos encantarmos com a charmosa cidade do extremo sul do Chile, na Patagônia.

Outra experiência bacana que aconteceu nessa cidade foi ter encontrado um amigo de São Paulo por lá, que foi para rodar com a gente por um mês e meio e dividir a experiência de “mochilar” pela América do Sul.

puerto-natales-patagonia-chile
Puerto Natales – crédito: Claudia B.

arredores-puerto-natales-patagonia-chile
Puerto Natales – crédito: Claudia B.

Como chegar 

Dica

Quando chegar em Punta Arenas, certifique-se da sua passagem para Puerto Natales, pois os lugares nos ônibus são poucos por dia e, se bobear, corre o risco de ficar sem

Seguindo nosso roteiro agora rumo ao norte do continente, viemos de Punta Arenas, viagem que levou aproximadamente 3 horas e meia numa deslumbrante paisagem.

Além de muita natureza, vimos muitas ovelhas durante o trajeto todo, animais trazidos pelos primeiros colonizadores ingleses e alemães no início dos anos 1900. 

Em Punta Arenas embarcamos – mapa – no ônibus da empresa Bus Sur que liga as cidades patagônicas no Chile com destino direto até a rodoviária de Puerto Natales. Foram 3 tranquilas horas de viagem.

 Transporte

Punta Arenas    →  Puerto Natales
– ônibus: Bus Sur
– valor:
 + – R$ 30,00 / 6500 pesos
– tempo:
 3:30 hora

 

como-chegar-em-porto-natales
Rodoviária de Puerto Natales – crédiot: Lucas CN

Onde ficar 

Parece demais, mas vale a pena falarmos mais uma vez, na Patagônia, assim como os assentos de ônibus, as camas em hostel e hostal (pousadas) são extremamente limitadas. Não estamos dizendo que são poucas, mas sim que são muito concorridas, já que a alta temporada é basicamente a única em que o local pode ser visitado.

Nosso hostal em Puerto Natales foi o W Circuito hostel, nome do mais famoso trekking de Torres del Paine. Não precisamos nem falar o quanto eles são preparados para auxiliar os turistas que querem fazer a pesada caminhada, né?!

Dica

É de extrema importância alugar os equipamentos em uma boa agência, pois muitas coisas podem interferir não só no trekking, mas também na sua acampada

O hostel fica muito próximo também da agência Across Patagonia, agência que nós escolhemos para alugar todos os equipamentos necessários para os 3 dias de jornada no Parque Nacional Torres del Paine.

Com eles alugamos o fogareiro, sacos de dormir e barraca e muito mais, tudo basicamente para se acampar com comodidade sem carregar muito peso. Fomos muito bem recebido e atendido pela galera da Across Patagonia.


Veja mais

 hospedagem em Puerto Natales

Lembre-se, sempre filtre sua busca. Fique de olho nas promoções e
cancelamento grátis. Não deixe passar, reserve!


 

onde-ficar-puerto-natales-w-circuit-hostel
W Circuit hostel – crédito: Lucas CN

Onde comer

No primeiro dia compramos comida num mercadinho próximo ao hostel, pois precisávamos nos preparar para a aventura da manhã seguinte e, com isso, nossa janta acabou sendo no próprio hostel, já que, assim como costuma ser na maioria dos hostel, a cozinha era aberta aos hospedes.

Já na volta do Circuito W, depois de vários perrengues e de comer qualquer coisa feita de qualquer jeito, estávamos famintos e o lugar onde paramos para comer foi uma indicação do gerente do hostel, o restaurante La Picada de Carlito e WOW!

Incrível restaurante, ou melhor, churrascaria de carneiro patagônico. Fizemos essa refeição mais que especial na companhia de um casal de italianos e de um carioca que encontramos pelo caminho. Estávamos azuis de fome, e logo na entrada, em fogo de chão estava um carneiro assando por inteiro.

Assim como a imagem, o sabor também ficará guardado em nossa memória como o sabor da vitória em completar o W.

la-picada-de-carlito-patagonia-chilena
La Picada de Carlito – crédito: Lucas CN
mochileiros-puerto-natales-la-picada-de-carlitos-puerto-natales
Reunião de mochileiros – crédito: Garçom da churrascaria

O que fazer

Como se trata de uma cidade pequena e ainda por cima remota, Puerto Natales conta apenas com um pequeno museu histórico, além de várias réplicas de uma grande preguiça espalhadas pela cidade. Ela é chamada de Milodón, e com seus incríveis 3 metros de altura, percorreu a região há cerca de 10 mil anos atrás.

Parque Nacional Torres del Paine é um dos atrativos mais importantes do Chile, juntamente com o deserto do Atacama  e Ilha de Páscoa. O Parque Nacional fica há cerca de uma hora da cidade. 

Dica

O traslado também deve ser comprado com antecedência

O parque é muito famoso por suas trilhas de trekking, que são diversas. De níveis e distâncias diferentes, nenhuma muito fácil, mas todas válidas. Prepare-se também para o valor das entradas, que são tão caras quanto as dos sítios arqueológicos do Peru. Para estrangeiros custam cerca de 90 reais e por conta disso o lugar é repleto de chilenos.

Há 3 geleiras que podem ser visitadas a partir de Natales. Durante o verão as saídas para visitas são diárias, sendo uma delas apenas para apreciá-las do barco mesmo. Puerto Natales conta ainda com a famosa caverna da Cueva del Milodón, localizada a 25 km do centro da cidade. São 200 metros para explorar o interior das terras patagônicas.

Para completar, não poderíamos deixar de indicar uma cervejaria local, a Baguales, que foi um ótimo achado, inclusive. Localizada na frente da Plaza de Armas, lugar com uma atmosfera INCRÍVEL, um delicioso hambúrguer gourmet e claro, uma ótima cerveja artesanal. Aliás, a Patagônia toda nos surpreendeu bastante com suas ótimas micro cervejarias.

cervejaria-baguales-puerto-natales
Cervejaria Puerto Natales – crédito: Lucas CN

cervezaria-baguales-puerto-natales
Cervezaria Baguales – crédito: Lucas CN

boralá-puerto-natales-patagonia-chilena
Boralá Puerto Natales – crédito: Claudia B.

 

Quando ir

A cidade de Puerto Natales, recebe mais de 140 mil pessoas passam por ano. A grande maioria dos turistas vão durante o verão, na segunda quinzena de dezembro até fim de fevereiro para visitar o Parque Nacional Torres del Paine.

Durante o inverno o parque ainda é aberto para visita, porém fazer qualquer trekking pode ser bem arriscado. Durante a baixa temporada os campings estão todos ”fechados”. Sem guarda parque e sem banheiros, mas nada impede o uso, mas não é recomendado. A opção para o inverno é realmente Ski e Snowboard.

Temperatura média
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
°C 12 13 12 9 5 5 4 4 6 9 10 11
°F 54 55 54 48 41 41 39 39 43 48 50 52

@holiday_weather

Deste ponto em diante começamos a costurar nosso roteiro do sul do continente americano entre Chile e Argentina diversas vezes, a próxima parada foi a cidade argentina de El Calafate.

 


Leia mais

  Mochilão  Argentina / Chile

  El Chalten

  Ushuaia

 

Buenos Aires

 Punta Arenas 


 

Compartilhar

Deixe sua crítica, comentário e mais DICAS se tiver. BORALÁ!!