Santiago de Compostela
fog
9.6 ° C
10 °
9 °
76%
3.6kmh
40%
Sun
7 °
Mon
10 °
Tue
14 °
Wed
16 °
Thu
15 °

Santiago de Compostela, como se organizar?

 

Preparação 

O começo de qualquer viagem é a escolha do destino que pretendemos fazer. Decidido o caminho, o segundo ponto crucial para a realização do plano é organização. É muito importante que, antes de qualquer ação, o viajante  saiba todos os passos necessários para não correr o risco de interromper a viagem por falta de organização.

Depois de caminho percorrido e dificuldades superadas, te contamos neste post dicas práticas e muito úteis para facilitar a aventura dos próximos corajosos “bicigrinos”, que estão afim de fazer o Caminho de Santiago de Compostela de bike. Boralá?

Antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente que todo o trajeto tem cerca de 800 km de extensão. Nosso objetivo não é prescrever treinos, mas como a rota é longa, aconselhamos os interessados no desafio a calcular e dividir o trajeto.

Pedalar de 40 à 60 km por dia é uma boa saída, porque convenhamos, ninguém quer transformar uma experiência incrível dessas em sofrimento, né? Dividindo assim, a conclusão do trajeto dura cerca de 20 dias.

Além disso, um pouco de condicionamento físico e certa intimidade com a magrela são pré-requisitos importantes. Não se esqueça que para fazer o caminho de Santiago de Compostela de bike, são algumas boas horas em cima da magrela durante dias seguidos.
.

compostela-de-bike
Santiago de Compostela – crédito: MMarçal

Bike

A bike tem que ser boa. Não precisa ser uma dessas bicicletas muito caras e modernas, mas é importante que ela seja confiável e de qualidade, além de estar devidamente equipada com um bom grupo de peças e revisada para garantir sua segurança até o final do percurso.

Como o caminho é todo de estradas e trilhas de terra, por vezes com terrenos extremamente pedregosos, escolhemos pedalar com uma mountain bike da marca CannondaleUm quadro de alumínio, 24 marchas, um par de pneus novos e um bom selim foram o suficiente para aguentar os trancos e os barrancos ao longo do trajeto.

Dica

Kit Ferramentas

Como já dissemos no início do post, planejamento e organização são fundamentais em qualquer viagem. E para quem vai passar alguns dias pedalando sem parar em cima da bicicleta, é indispensável carregar junto de si um kit de ferramentas.  

Inclua em seu kit itens que te deem possibilidades diversas de improvisar e fazer “gambiarras”, como fita isolante ou “silver tape”, lacres, pedaços de cordas, arame, canivete, isqueiro, etc.

Algumas chaves específicas serão úteis, como a chave allen e  a chave de corrente, bem como remendos, cola para remendos, pedaços de pneu (caso seu pneu rasgue), câmera de ar sobressalente, pastilhas ou sapatos de freio, óleo lubrificante e um ou dois cabos de marcha e freio. Só não se empolgue demais, pois quanto mais coisas levar, mais peso para carregar.

Para maiores reparos, não se preocupe. Ao longo da viagem é fácil encontrar bicicletarias e “tiendas-talleres de bicicleta”, que são oficinas móveis para consertos localizadas geralmente nas praças das grandes cidades percorridas.

Bagagem

Para percorrer Compostela de bike, usamos 2 alforges (suporte encaixado no bagageiro que distribui a bagagem nos lados da bicicleta). Neles foram distribuídos 7,5 kg que aliviaram consideravelmente o peso nas costas.

Levar sacos a mais e um pedaço de sabão é uma boa ideia, eles vão servir para carregar e lavar a roupa suja durante o percurso. Albergues também oferecem o serviço de lavanderia, mas é pago.

Dica importante: antes de colocar os itens que serão carregados nos alforges, acondicione-os em sacos plásticos para protegê-los da chuva.

 

Preparando os Alforges: Santiago de Compostela de bike em 15 dias

Na hora de preparar a carga dos alforges, é importante pensar apenas nos itens essenciais para a viagem. Abaixo fizemos uma lista do que escolhemos para levar em três categorias: dia-a-dia, dia-a-dia na bike e higiene pessoal. Confira:

Para o dia a dia:

01 calça de sarja para a viagem de avião (ida e volta)
02 camisetas dry fit
01 camiseta manga longa segunda pele 
01 fleece
01 bermuda dryfit
01 bermuda de sarja tipo cargo
03 cuecas (lembre-se de lavá-las!)
03  pares de meias
01 par de tênis e chinelos

Para o dia a dia na bike:

02 camisetas de ciclismo
02 bermudas de ciclismo
02 camisetas manga longa segunda pele
01 calça segunda pele
01 corta vento
01 capa de chuva (usados também para o dia-a-dia pós pedal, se necessário)
luvas
óculos de sol
capacete
sapatilha (no nosso caso clips)

Pomada para assaduras para usar antes e depois das pedaladas, evitando e recuperando as assaduras na virilha e nas nádegas que surgirão caso o bicigrino não se cuide.

Primeiros Socorros:
Nessa hora que não dá para economizar no peso, ainda mais quando fazemos um percurso tipo o de Compostela e ainda de bike. Analgésico, antitérmico, anti-histamínico, band-aid, anti-séptico, relaxante muscular, pomada para dores musculares e esparadrapo são indispensáveis.

Higiene Pessoal:

Sabonete, pasta de dente, fio dental, shampoo (frasco pequeno), desodorante, protetor solar, protetor labial, toalha de banho. Dica: opte pela toalha de microfibra, que absorve bem a água, seca rápido e são compactas.

Essas são nossas dicas para os próximos bicigrinos aventureiros que estão dispostos a fazer o Caminho de Santiago de Compostela de Bike. Seguindo esses passos, assim como fizemos, não tem erro. Se ainda tem dúvidas ou sugestões, deixe nos comentários.

Preparativos concluídos, boralá viajar!

santiago-de-compostela-de-bike
Santiago de Compostela de bike – crédito: MMarçal

Projeto Campo de Estrelas: encontre todos os detalhes da rota e a história da região

 


Compartilhar

1 COMENTÁRIO

Deixe sua crítica, comentário e mais DICAS se tiver. BORALÁ!!