Cânion do Xingó, onde ficar?
Piranhas (AL) ou Canindé de São Francisco (SE)



 

Desde que descobri o Cânion do Xingó em um programa na TV, não desisti da ideia de conhecê-los.

Sabe aquelas viagens que acontecem assim, no susto sem tempo para o bom planejamento? Essa foi uma dessas e, pasmem, não poderia ter sido melhor. Dependíamos da disponibilidade de vôos pois efetuamos a compra das passagens através de programa de milhagens, portanto fizemos tudo muito rápido.

Lá fomos nós, eu, mamãe e papai, leia-se, uma família que ama viajar e tem os mesmos interesses. Compramos as passagens com chegada em Aracaju e saída por Maceió para que, com carro alugado, (movida) pudéssemos cortar o sertão nordestino conhecendo o lado B da vida no Nordeste, super recomendo até para praticar o turismo social.

sertao-nordestino-piranhas-xingo
Trajeto Aracajú – Cânion do Xingó – crédito: Lu Aria
sertao-nordestino-piranhas-xingo
Trajeto Aracajú – Cânion do Xingó – crédito: Lu Aria

A divisa entre Alagoas e o Sergipe nesse ponto do país é apenas uma ponte com menos de 400 metros sobre o majestoso Rio São Francisco.

Durante o planejamento surgiu a dúvida sobre onde nos hospedaríamos,estávamos da dúvida entre Canindé e Piranhas. Cidades que fazem divisa por uma ponte de 400 metros cortando as águas do Rio São Francisco.

Pois bem, saindo de Aracaju, meio que na sorte reservamos para a mesma noite, um lugar apenas para termos onde chegar e escolhemos Piranhas em Alagoas e A-CER-TA-MOS em cheio, bingo!

centro-historico-piranhas
Centro Histórico de Piranhas – crédito: Lu Aria

 

Passamos por Canindé de São Francisco, suas ruas simples, os moradores solícitos nos guiaram até a estrada que levava à parte baixa da cidade e de lá, a simples placa indicava a divisa de estados.

Para quem reserva hospedagem em Canindé, fica mais próximos do local de onde saem os barcos para o Cânion do Xingó, mas longe de uma boa infra-estrutura turística, sendo que em Piranhas, embora pouco mais longe de tal saída, a cidade tem o rio como moldura e o charmoso centro histórico.

Piranhas, cidade histórica, com arquitetura diferenciada e gente acolhedora. Parecia que estávamos dentro de um filme, numa cidadezinha cenográfica onde tudo é bem colorido e preservado.

Durante o dia curtimos o rio, os restaurantes com vista para o mesmo, em destaque , o “FLOR DE CACTUS” que fica no alto da cidade, de onde avista-se o vale e a parte baixa da cidade. Há pousadas charmosas também na parte alta da cidade , a intitulada de “Nova Piranha”.

restaurante-flor-de-cactus
Restaurante Flor de Cactus – crédito: Lu Aria
nova-piranhas-alagoas
Velho Chico visto de Nova Piranhas – crédito: Lu Aria

 

Nos hospedamos no bairro do Xingó, que foi projetado especialmente aos que “perderam” suas moradias tendo como causa o represamento do rio para a hidrelétrica. A Pousada Bonita, realmente é bonita, arrumadinha e com staff simples e acolhedor e embora não tenha os atrativos que o centro histórico tem, tem suas peculiaridades.

A pousada fica na parte alta da cidade intitulada de Nova Piranhas. O região conta com diversas pousada charmosas para receber os turistas que buscam conhecer mais sobre o Cânion do Xingó e o rio São Francisco.


Veja mais

 hospedagem em Piranhas

Lembre-se, sempre filtre sua busca. Fique de olho nas promoções e
cancelamento grátis. Não deixe passar, reserve!


 

O aluguel de carro nesta região é uma boa pedida, considerando a fácil locomoção e os valores de excursões para o Cânion que estão “fora de mão”.

Nós optamos pelos serviços da Movida, o preço foi acessível e ainda fomos privilegiados com um upgrade de categoria, além de não cobrarem taxas abusivas por devolvermos o carro em outro estado.

Se você está em Aracaju e tem tempo para desbravar o estado de Sergipe, viaje até Canindé de São Francisco, e aprecio o Cânion do Xingó, são 215km de muito conhecimento, principalmente sobre o cangaço, que teve importante participação na história de nosso país.

Sergipe é digno de ser explorado!

piranha-xingo
Piranhas , AL – crédito: Lu Aria

 

Viajante desde dez. de 2006, já carimbou 4 dos 5 continentes. Tem alguns hobbies como a fotografia, a gastronomia, a vida off-road e curte a pegada de natureza, lugares exóticos e turismo social. Sempre de malas prontas, não perde uma oportunidade de sair por aí!

Deixe sua crítica, comentário e mais DICAS se tiver. BORALÁ!!