Festival do Deserto / Camelo
Jaisalmer, Rajastão – Índia



 

O Festival do Deserto é realizado anualmente no Deserto do Rajastão, na Índia. A cidade dourada de Jaisalmer encravada no deserto de Thar, sedia o festival entre os meses de janeiro a fevereiro.

Jaisalmer é conhecida por ser a cidade dourada. Uma cidade da cor da areia do deserto, com um imenso Forte no centro. Forte é uma verdadeira muralha que pode ser avistado de longe e que ganha mais charme durante a noite com os refletores.

Jaisalmer é a última cidade famosa no circuíto pelo Deserto do Rajastão. Jaisalmer, é a cidade mais afastada de todas, literalmente no Deserto de Thar. O turismo na cidade é forte durante o inverno e primavera pois a temperatura é mais amena e quando também, os turistas do mundo todo vão passar uma noite nas caravanas nômades no meio do deserto. É também quando ocorre o festival.

O verão é muito quente, chegando aos 50 graus celsius, se quiserem conhecer no melhor fim de semana do ano, não percam o Festival do Deserto de Jaisalmer.

jaisalmer-desert-festival-india-camel
Abertura do Festival do Deserto, Jaisalmer – crédito: Lucas CN
forte-jeisalmer-india
Jaisalmer – crédito: @rajasthanvisit

O festival

O festival tem abertura alguns dias antes da lua cheia e três dias de duração. Nesses três dias, o deserto ganha vida com cores, músicas, danças e muita tradição folclórica. São diversos acrobatas, artistas populares, pessoas engolindo espadas, tocando flautas para cobras, e claro, os majestosos camelos.

Em 2018 será celebrado de 29 a 31 de janeiro. Serão três dias muita extravagância, cores, cheiros na cidade do deserto.

O Festival do Deserto é conhecido também como Festival dos Camelos. Pois são eles que tomam a cena. São camelos domésticos até camelos do exército, mas todos bem vestidos, com muitas cores e enfeites.

camel-jaisalmer-desert-festival
Festival do Deserto – crédito: Lucas CN

Celebração

Quase que uma semana antes do festival ter início, as pessoas que moram ao redor de Jaisalmer começam a se deslocar em caravanas para a cidade dourada. Essa tradição já dura centenas de anos, na última década passou a ser mais famosa entre os turistas estrangeiros.

A cerimônia de abertura ocorre bem cedo no Portal do lago Gadisar com o desfiles folclóricos até o último bloco, os camelos do exército indiano de deserto. Os moradores se vestem com trajes tradicionais, coloridos e brilhantes.

O desfile percorre o centro histórico de Jaisalmer até chegar em uma arena aberta onde é celebrado o primeiro dia de festival. Durante o dia tem apresentações dos camelos, homens com o maior bigode do deserto e muito artesanato além e comida típica.

A noite a atenção é virada para o palco da arena, onde danças típicas são apresentadas por diversos grupos de dançarinas.

parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Parada no Festival do Deserto – crédito: Lucas CN
parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Parada no Festival do Deserto – crédito: Lucas CN
parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Parada no Festival do Deserto – crédito: Lucas CN
parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Danças folclóricas do Rajastão – crédito: Lucas CN
parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Parada no Festival do Deserto – crédito: Lucas CN

Da abertura do desfile até a última apresentacão da noite, a música do típica deserto é tocada sem parar, inclusive em carros e casas. O Festival tem um sentido religioso para os hínduistas do deserto. As celebrações deste festival fazem com que o deserto ganhe vida com as cores da índia.

O segundo e o terceiro dia ocorrem em uma arena a 40 km da cidade, nas dunas do deserto de Thar. Nesses dois dias ocorrem aprensentações e competições de camelos, Polo com camelo, além de competição do Mr. Deserto e o Maior bigode do deserto.

O Festival do Deserto, ou Festival do Camelo termina no dia da lua cheia, nas dunas do deserto de Thar.

parade-parada-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Desfile de Camelos – crédito: Lucas Cn

Como chegar

Lembrando que a cidade de Jaisalmer é um destino não tão fácil de se chegar, mesmo pegando um avião, o aeroporto mais próximo está a algumas horas de carro ainda, de trêm pode te levar quase um dia de viagem, de carro meio dia. Mas tudo vale a pena!

  • Avião

Em Jodhpur localiza-se o aeroporto internacional, no qual é o mais próximo para se chegar a Jaisalmer. O aeroporto fica a 337 quilômetros de distância da cidade. É bom ja ter algum pick up programado para te levar, se não, pode pegar um táxi pré-pago ou privado para chegar a Jaisalmer. Ainda são cerca de 5 horas de estrada pela frente.

  • Trem

O trem é uma das melhores e mais baratas opções para se viajar na Índia. Jaisalmer está bem conectada por linhas férreas das principais cidades indianas. A estação ferroviária está localizada no centro da cidade dourada. Da estação você pode negociar um tuk-tuk ou auto-riquixás para chegar até o hotel. Se prepare para uma longa jornada pelos trilhos da Índia.

  • Carro

Partindo de Nova Delhi, as condições das estradas até Jaisamer não são ruins, porém as estradas em sí são muito perigosas na Índia. Total imprudência por parte da maioria dos motoristas. Da Capital indiana são 14 horas de estrada.

Ônibus não são recomendados na Índia, se quiser encarar a estrada, a melhor opção é alugar um tour privado com um motorista particular.

camelo-mr-rajastao-india
Mr. Rajastão, Jaisalmer – crédito: Lucas CN
camelo-mr-rajasthan-india
Mr. Rajastão, Jaisalmer – crédito: Lucas CN
thar-desert-camelos-jaisalmer
Deserto de Thar, Jaisalmer – crédito: Lucas CN
travel-blog-de-viagem-desert-festival-deserto-jaisalmer-india
Boralá, Jaisalmer – crédito: Lucas CN

Os cuidados

Vale saber que Jaisalmer fica quase que na divisa da Índia com o Paquistão, e a relação diplomática entre os dois não é boa.

No Paquistão (independente de religião) existem alguns grupos que apoiam o terrorismo, inclusive que a Índia já foi alvo. Em dias festivos como o Festival do Deserto as atenções devem ser redobradas, inclusive o policiamento e segurança da Índia são muito bons.

Mulheres deveriam evitar ao máximo viajar sozinhas. Outra boa dica é não economizar muito em hospedagem. Nós nos hospedamos e ficamos muito bem no The Royale Jaisalmer

 


Leia mais


mochila-para-mochilao
Leia mais
certificado-internacional-de-vacinacao-anvisa
Leia mais
onde-ficar-chapada-veadeiros
Leia mais
festiva-do-deserto
Leia mais
senhas-wifi-aeroporto-mundo
Leia mais
guia-de-viagem-india
Leia mais

 

Turismólogo de profissão, Lucas é o faz de tudo no Boralá (inclusive escrever em 3ª pessoa, rs), desde montar o site, otimizar os texto, tratar cada foto, mídia social etc… Lucas se diverte criando, escrevendo e claro, viajando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here