Komodo island
Parque Nacional de Komodo



 

Nossa visita ao Parque Nacional de Komodo teve como objetivo principal ver os famosos Dragões de Komodo. Essa viagem aconteceu dentro de nossa viagem a Bali na Indonésia, diríamos que o ápice da trip!

O Parque Nacional é composto por diversas ilhas, as maiores e mais importantes são 3: pulau Komodo, pulau Rinca e pulau Padar  – palavra pulau significa ilha na região, assim como nusa na região de Bali -.

É extremamente proibido se hospedar dentro do Parque Nacional, as opções são Labuan Bajo, cidade onde está localizado o aeroporto mais próximo do parque ou dormir em barcos entre as ilhas do arquipélago.

Hoje em dia a população dragões de Komodo chega perto dos 6mil repteis segundo nosso guia do Parque Nacional. Os dragões habitam o total de 5 ilhas na região, algumas pertencentes ao parque, outras não. São elas:

  • Komodo – P.N. 
  • Rinca – P.N.
  • Padar – P.N. (segundo nosso guia existem alguns poucos dragões na ilha e são bem menores que os das outras duas ilhas do Parque Nacional de Komodo)
  • Gili Motang – região do P.N.
  • Flores – região do P.N.
komodo-iparque-nacional-ndonesia-como-visitar
Pulau Komodo, Indonésia – crédito: Lucas CN
komodo-parque-nacional-indonesia-como-visitar
Bem vindos ao Parque Nacional de Komodo – crédito: Claudia B.
como-ver-dragao-komodo-indonesia
Dragão de Komodo – crédito: Lucas CN

Parque Nacional de Komodo

As visitas oficiais (com segurança) para ver os dragões acontecem nas ilhas de Komodo e Rinca, onde estão os centros de visitantes e também a maior concentração de dragões de Komodo.

A ilha de Padar, que também faz parte do parque nacional é um super atrativo da região por sua beleza, uma das vistas mais lindas da Indonésia. Padar conta com alguns poucos dragões e raramente são vistos.

O ponto de partida é Labuan de Bajo, onde existem passeios de barcos de um dia até 4 dias passando pelas ilhas do mar de Flores. Nós optamos por um passeio privado em lancha rápida de um dia, onde montamos nosso roteiro em relação aos horários.

 – Pulau komodo

Nossa primeira parada foi a Ilha de Komodo. Chegamos entre às 7:30 e 8 horas da manhã, onde as chances de ver os dragões caminhando pela praia são grandes, além do baixo número de turistas nessa hora.

A ilha de Komodo é sem dúvida a atração principal do Parque Nacional. Além de ser a maior das ilhas do Parque, é onde se encontram a grande maioria e os maiores dragões de Komodo do mundo.

Assim que desembarcamos na ilha, lá estava ele, desfilando pela praia, o Hércules. O maior e mais velho dragão de Komodo. Segundo nosso guia, ele tem 35 anos, mede mais de 3 metros e pesa mais de 120 kg.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Boralá travel blog (@boralablog) on

– Komodo

Atenção

Quero deixar claro que um guia estava por perto quando nos aproximamos para ver o dragão na praia.  É muito arriscado se aproximar dos dragões sem um guia credenciado do parque , correndo até mesmo risco de morte

 Depois de admirar o primeiro dragão de nossas vidas, fomos ao centro de visitantes pagar nossa entrada e nos encontrar com o guia que faria uma das trilhas do parque com a gente.

O Parque Nacional conta com 3 trilhas para você escolher, curta, média ou grande. O tempo para percorrer as trilhas é de 1 a 2 horas.

Como já havíamos sido presenteados com o alpha dos dragões de Komodo, optamos por fazer a trilha curta e nem fizemos por completa. Depois de uns 20 minutos de caminhada, passamos por um área onde os dragões tem costume de aparecer durante as manhãs.

E não deu outra, mais dois dragões descansando e pousando para fotos. Ficamos uns bons 40 minutos observando os dragões e desse ponto voltamos ao ponto de partida, missão cumprida em Komodo.

como-ver-dragao-komodo-indonesia
Parque Nacional de Komodo – crédito: Lucas CN
como-ver-dragao-komodo-indonesia
Komodo dragon – crédito: Claudia B.
como-ver-dragao-komodo-indonesia
komodo Island – crédito: Lucas CN

A ilha de Komodo não tem apenas os dragões como exóticos, depois de passarmos quase duas horas no Parque Nacional, partimos em direção a Pink Beach outro atrativo de beleza ímpar na Indonésia. Praia com areia rosada.

Na região do parque existem mais de vinte praias de areias rosadas, visitamos a mais famosa e mais perto do centro de visitantes do parque nacional. Chegamos na hora do almoço e a praia já contava com outras embarcações e mais turistas na praia, porém longe de ser um local lotado.

Passamos um bom tempo nas suas areias rosas / avermelhadas e mar azul turquesa. Existe uma pequena trilha até o topo de um morro onde se pode avistar a praia de outro ângulo e cor. Vale a pena!

Dica

Equipamentos de mergulhos são alugado na rua do cais em Labuan Bajo

O lugar é uma ótima opção para fazer flutuação, um snorkel é indispensável no role. A vida marinha é bem viva com diversos peixes de vários tamanhos e cores.

Como havíamos optados por um tour privado, decidimos quanto tempo ficaríamos em cada lugar, e escolhemos gastar boas horas nesse canto único do planeta. Uma praia de areia rosada/avermelhada na ilha de Komodo. Incrível sensação.

komodo-parque-nacional-pink-beach-praia-areia rosa-indonesia
Pink beach, Indonésia – crédito: Lucas CN
komodo-parque-nacional-pink-beach-praia-areia rosa-indonesia
Day trip, Pink beach – crédito: Claudia B.

 – Pulau Rinca 

A segunda ilha do parque nacional que visitamos foi a ilha de Rinca (Rincha na fala local). Chegamos contra o fluxo novamente. Pelo o que entendemos, é a primeira parada dos barcos turísticos de grupo.

Embora a Ilha de Rinca tenha 3 trilhas para observar dragões, é certeza que verá um bando deitado só esperando para ser alimentados. Embora livres, deixaram de ser 100% selvagens, já se associando com os guias.

Diversos dragões ficam do lado da cozinha dos guarda parque apenas esperando por restos de comidas. Os guias dizem que isso não acontece de verdade, mas para nos ”impressionar”, nosso guia pediu para que alguém que estava dentro da cozinha que jogasse ”só um pedacinho osso” entre os dragões. Ou seja…

E o resultado foi que os dragões deixaram a posição de descanso e uma ”batalha” pelo osso havia começado em fração de segundos. Ficamos impressionados com a explosão e energia. Foi quando percebemos o quão arriscado é ficar cara a cara com dragões de Komodo. Jamais esquecerei a encarada que tomei de um deles.

parque-nacional-komodo-ilha-rinca-como-ver-dragoes
Parque Nacional -Pulau Rinca, Indonésia – crédito: Lucas CN

parque-nacional-komodo-ilha-rinca-como-ver-dragoes
Dragões da ilha de Rinca – crédito: Lucas CN

– Pulau Padar

Para finalizar nosso tour pelo Parque Nacional de Komodo, encostamos nosso barco na paradisíaca ilha pulau Padar. Cartão postal não só de Komodo mas de toda a Indonésia, a ilha de Padar tem uma magnífica vista de tirar o fôlego.

Dica

A trilha até o pico da ilha não possui quase sombra, apenas algumas árvores e o calor é extremo. Use boné, leve água com você e caso comece a sentir tontura, desça o mais rápido possível mas com segurança

O melhor horário mesmo para se visitar a ilha é ou no nascer ou no pôr-do-sol. Nós fomos no meio da tarde, como a temporada não era de alta nem o melhor horário, a ilha era basicamente nossa.

Subir até o pico pode ser cansativo, mas vale a pena. A subida pode levar até 45 minutos. A nossa foi demorada pois acabamos parando em diversos pontos de vistas diferentes e espetaculares.

Fomos até o pico, tiramos lindas fotos mas não teve como ficar muito lá em cima, pois o calor estava de rachar o côco. Por falar em côco, ao final da descida, há uma barraquinha vendendo água de côco que salvaram minha vida! Ufa!

pulau-padar-indoneia-blog-viagem-komodo-parque-nacional
Pulau Padar, Indonésia – crédito: Claudia B.
pulau-padar-indoneia-blog-viagem-komodo-parque-nacional
Ilha Padar, Indonésia – crédito: Lucas CN
parque-nacional-komodo-ilha-rinca-como-ver-dragoes
Área de dragões (placas do mundo a fora) – crédito: Lucas CN

Caso a Indonésia esteja nos planos de viagem, não deixe de esticar até o Parque Nacional De Komodo. Lugar mágico de tanta beleza e quase que escondido do resto do mundo e ainda você tem a chance de ficar frente a frente com o famoso Dragão de Komodo.

Com o passeio particular você pode negociar seu trajeto parando em alguma outra praia para se banhar. Foi caro, mas valeu a pena pra gente, certamente valerá a você também.

Nosso passeio além do Parque Nacional de Komodo, incluiu ainda um mergulho com as raias e almoço (peixe fresco) e bebidas, tudo servido no barco durante nosso passeio.

Leia também sobre os templos e vulcões da Ilha de Java aqui.


Leia mais


onde-ficar-em-bali
Leia mais
certificado-internacional-de-vacinacao-anvisa
Leia mais
lua-de-mel-bali-dicas-hotel
Leia mais
borobudur-templo-budista-indonesia
Leia mais
senhas-wifi-aeroporto-mundo
Leia mais
ilha-de-java-3-atrativos-indonesia
Leia mais

 

Boralá planejar sua viagem

   HOSPEDAGEM: Nossa recomendação para reservas online é o Booking.com. Com muitas opções no filtro, cancelamento grátis e pagamento só no check-in lhe da grandes chances de encontrar o que busca com o melhor preço na localização perfeita.
Não perca tempo, reserve sua noite!

   ALUGUEL DE CARRO: Do mesmo grupo e confiança que o Booking.com, usamos a Rentalcars para aluguel de carro. Agregador que busca entre várias empresas as melhores ofertas para data selecionada.
Faça sua cotação agora mesmo!

   AIRBNB DESCONTOS: Nós usamos muito o Airbnb em nossas viagens. Cadastre-se você também e ganhe $45 US dólares em crédito na sua primeira reserva. Confira aqui. 

   PASSAGENS AÉREAS: Com ótimas formas de pagamento em até 12x sem juros, a ViajaNet nunca falha com o assunto é passagem barata. Pesquise seu destino.

   SEGURO VIAGEM:Jamais viajamos sem nosso seguro viagem, e você deveria fazer o mesmo. Cotamos nossos seguros em dois sites de comparam as melhores ofertas e planos para seu destino. São ele: Seguros Promo e Real Seguros. Ou um ou outro. Faça sua cotação aqui!

   CAMBIO: Transferwise é a melhor taxa de cambio entre moedas que poderá encontrar, mas só ajuda caso esteja indo visitar alguém fora do país, pois é preciso uma conta no exterior para enviar o dinheiro. Faça sua simulação de cambio.

   ANFITRIÃO AIRBNB: Essa é a melhor das dicas, é de onde mais levantamos fundos para nossas viagens. Como? Alugamos nosso apartamento no Airbnb. Seja você o próximo Anfitrião do Airbnb e ganhe R$ 150 em bonus fora as diárias enquanto viaja.
Registre aqui seu Airbnb e vá viajar!

   ROTEIRO PERSONALIZADO: Não sabe por onde começar? Nós podemos ajudar! Nosso serviço de Roteiro Personalizado foi criado para otimizar sua viagem salvando tempo e dinheiro. Escreva pra gente e descreva seus planos de viagem, e veremos como podemos ajudar.

Quando você reserva com qualquer um de nossos parceiros, nós ganhamos uma pequena porcentagem que nos ajuda a manter o site online. Mas não se preocupe, você não paga nada a mais por isso. Boralá e boa viagem!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here