Península de Maraú
Bahia – costa do dendé



 

Com tantos lugares de tirar o fôlego, é missão quase impossível eleger a mais bela paisagem do nosso Brasilzão abençoado. Mas caso alguém aceite o desafio, é certo que a região do Santuário Ecológico da Península de Maraú entraria fácil na disputa.

Localizada no Sul da Bahia, mais precisamente na Costa do Dendé, Maraú fica entre os paraísos de Morro de São Paulo e Itacaré – área muito mais que bonita por natureza, formada por 40 km de praias em extensão e banhadas por um mosaico de águas claras e límpidas.

Com a praia para a baía de Camamu, Barra Grande é o vilarejo mais visitado da região. Porto de entrada da Península, conta com boa infraestrutura turística se comparada a localidades próximas.

Embora seja um lugar pequeno e simples, é lá que se concentram pousadas, restaurantes e até agências de turismo.

taipu-de-fora-peninsula-do-marau-bahia
Península de Maraú – crédito: Lucas CN

Como Chegar

Há algumas alternativas para chegar até a Península de Maraú. Para quem vem de Salvador, por exemplo, chega mais rápido fazendo a travessia de barco ou lancha rápida saindo do porto da baía de Camamu até Barra Grande (Maraú).

Dica

Com mau tempo, antecipe sua volta.Muita chuva poderá fazer você ficar atolado ou mesmo preso na península se não estiver de 4×4. 

Outra alternativa é alugar um carro no aeroporto de Ilhéus e viajar à sua maneira, que foi o que fizemos.

Na estrada de Ilhéus para Itacaré não tivemos problema. Já em Itacaré, mais precisamente entrando na Península, foram 45km de estrada de terra com muitos buracos e ”areião”. Ficar preso na península por conta da chuva pode fazer você perder o voo em Ilhéus.

Apesar disso, o risco vale muito. Nada se compara à liberdade do carro e a possibilidade de visitar a Península inteira, ver de perto todo seu encanto de cachoeiras que desaguam no mar. Sem contar as lagoas e praias incríveis.

Transporte

1 – Camamu  →  Barra Grande

– barco: Local
– valor:
+ – R$ 7,00
– tempo: 1:20 min.      

 

2 Camamu  →  Barra Grande

– barco: Lancha rápida
– valor:  + – R$ 30,00
– tempo: 30 min 

                     

O trajeto de Ilhéus (rodoviária) até Camamu (porto / rodoviária) é feito com a empresas de ônibus Águia Branca. Há também linhas de ônibus saindo de Itacaré, Itabuna e Feira de Santana para a península.

3 – Ilhéus       Camamu

– ônibus: Águia Branca
– valor:
+ – R$ 23,00
– tempo: 30 min 

                              

estrada-para-a-peninsula-do-marau-bahia
Chegada na Península – Crédito: Claudia B.

 

Onde ficar

Bom, são mais ou menos 40km de praias para você escolher onde ficar, listamos as praias a cima, agora vamos especificar uma a uma e você escolhe em qual parte do paraíso gostaria de ficar, nós escolhemos a pousada Velas e Ventos na praia de Taipu de Fora. Ótima escolha por sinal!

A Pousada ficar só 40 metros da praias, ou seja, praia dia e noite!


Veja mais 

hospedagem na Península de Maraú

Lembre-se, sempre filtre sua busca. Fique de olho nas promoções e
cancelamento grátis. Não deixe passar, reserve!


O que fazer

As praias da Península de Maraú são praticamente desertas durante todo o ano, mesmo em alta temporada, com as pousadas cheias, o número de turistas ainda é baixo se compararmos a toda extensão das praias de coqueirais do lugar.

Praias: mar aberto

  • Algodões

  • Arandi

  • Saquaíra

  • Cassange

  • Taipu de Fora

  • Bombaça

  • Três Coqueiros

Praias: baía de Camamu:

  • Barra, Campinho

  • Sapinho

  • Taipu de Dentro

Divisão: Baía de Camamu / oceano Atlântico

  • Ponta do Mutá

Península de Maraú
Península de Maraú – crédito: Lucas CN

 

– Algodões e Arandi

Algodões é a primeira praia para quem vem de carro de Itacaré, seguida por Arandi. Apesar de não serem tão famosas como a de Taipu de Fora, são tão bonitas quanto. A beleza de sua areia branca e fina, distribuída numa extensa área de coqueiros, nos presenteiam, em maré baixa, as incríveis piscinas naturais de Algodões e Arandi.

 

– Saquaíra

Saquaíra é um vilarejo de pescadores, mas com o número de pousadas abertas recentemente se projetou como ponto turístico de Maraú. Praia infinita em coqueiros!!!

 

– Cassange (praia e lagoa)

Dica

Vale incluir no tour o Morro do Celular, vista panorâmica da Lagoa do Cassange

Lugar cercado pela natureza, com a praia paralela à lagoa de água doce, divididas por uma pequena faixa de areia e coqueiros com apenas 300m de largura.

A lagoa é muito utilizada para fins de prática esportiva a vela e banho.

 

– Taipu de Fora

Dica 

Sempre que for a atrativo de piscinas naturais, é de extrema importância checar a tábua de maré local. 

Comparado ao mar do Caribe por suas águas azuladas e esverdeadas, Taipu de Fora é considerada umas das praias mais bonitas do Brasil.

Além disso, tem um atrativo pra lá de especial: arrecifes de corais criam uma piscina natural de mais de 1km de extensão, repleta de vida marinha para mergulhos inclusive noturnos. Lembrando que as piscinas naturais só aparecem em maré baixa.


Veja mais 

hospedagem na Península de Maraú

Lembre-se, sempre filtre sua busca. Fique de olho nas promoções e
cancelamento grátis. Não deixe passar, reserve!


 

– Bombaça e Três Coqueiros

As praias dessa região contam com número maior de pousadas e casas de veraneio, comparada ao Sul da península. Mais próximo à Barra Grande, oferece mais facilidades. 

Embora seja conhecida por suas ondas fortes, em época de maré baixa, revela piscinas naturais onde é possível nadar.

 

– Ponta do Mutá

Localizado ao extremo norte da Península de Maraú, tem seu pico de beleza diário no momento que o sol se põe, formando um verdadeiro espetáculo de belas imagens a serem registradas em Ponta do Mutá.

praia-do-algodao-peninsula-do-marau
Praia do Algodão – crédito: Claudia B.
praia-de-saquaira-peninsula-do-marau-bahia
Praia de Saquaíra – crédito: Lucas CN

lagoa-d-cassange-morro-do-celular-marau
Lagoa do Cassange – crédito: Alex Uchôa
praia-tres-coqueiros-marau-bahia
Praia 3 Coqueiros – crédito: Lucas CN
ponta-do-mutá-marau-bahia
Ponta do Mutá – crédito: Lucas CN

– Ilhas da baia de Camamu

Conhecida por lá também como Polinésia Baiana, a Península de Maraú conta ainda com dezenas de ilhas na baia de Camamu. Passeios diários saem para algumas delas em valores que variam entre 25 e 30 reais. Nós optamos por fechar um tour privado com o pessoal da Camamu Adventure. 

A mais procurada das ilhas é a Ilha da Pedra Furada. Para chegar até lá, desembarcamos num banco de areia com lindas e pequenas praias desertas; ilhas que são visíveis apenas quando a maré está baixa.

De lá, seguimos caminhando até a Ilha da Pedra Furada, com alguns bons metros pelo mesmo banco de areia e a água já pela metade do corpo.

A Ilha é uma rocha com um furo, como o próprio nome sugere. E tem como habitantes apenas duas pessoas: um homem e seu filho, os caseiros da ilha.

Para eles, pagamos R$2 (2013) por pessoa para entrar no lugar. Valor válido pela beleza das paisagens. Na volta, o mesmo barco que nos trouxe foi até um pequeno cais da ilha para nos buscar.

O passeio é seguro, deixamos tranquilamente nossas coisas no barco durante o tour.

barra-grande-peninsula-do-marau-bahia
Barra Grande – crédito: Claudia B.
pedra-furada-marau-bahia
Pedra Furada – crédito: Lucas CN
pedra-furada-marau-bahia
Ilhas na Baia de Camumu – crédito: Lucas CN
banco-de-areia-maraú
Banco de areia, Baia de Camamu – crédito: Claudia B.

Onde comer

Partindo da Pedra Furada, a parada seguinte foi Ilha Grande. Lugar lindo, com areia branca e muita sombra das palmeiras. Um grande banco de areia num dos extremos propicia à ilha uma paisagem totalmente pitoresca, e logo em frente, vemos a praia do Campinho.

No pacote que fechamos, o almoço era para ser na praia do Sapinho, onde os restaurantes tem acordo com as empresas de passeios de barco de Barra Grande. Mas descobrimos uma excelente lanchonete no Campinho e não quisemos mais ir embora.

Gentilmente o barqueiro nos permitiu ficar na lanchonete para o almoço. Ah! Conseguimos comida também para o piloteiro e lá passamos a tarde.

Dica

No Campinho há uma minúscula lanchonete, lugar ideal para fazer um ótimo almoço barato!

Com serviço melhor e mais barato, comemos lagostas e polvo, além de beber diversas caipirinhas e cervejas. A conta saiu em menos de R$40 reais por pessoa, (isso em 2013). Amigos que recém aproveitaram essa dica nos disseram que, atualmente, está saindo em média R$50 por pessoa.

campinho-marau-bahia-camamu
Almoço no Campinho – crédito: Claudia B.
peninsula-d-marau-bahia
Península de Maraú, Bahia – crédito: Claudia B.

Quando ir

O calor é constante na Península de Maraú o ano todo praticamente, mas é claro que é mais quente entre os meses de dezembro até março, durante o verão.

Os meses de outubro e novembro nos agradam bastante, pois ainda é baixa temporada, com bons preços em hospedagem e o calor já está em alta novamente.

O inverno é relativamente quente também se compararmos com cidades do sul do Brasil, porém entre abril e julho as chuvas são mais constantes, e lembre-se, se for de carro, há grandes chances de atolar na estrada de terra.

Vale lembrar
Tábua de maré (link) –  Não é só o sol que pode influenciar em sua ida a Maraú. A lua pode ser um grande fator caso queira mergulhar nas piscinas naturais. Lua cheia e lua nova, a maré está baixa, possibilitando mergulhos incríveis.

Leia mais


roteiro-galinhos-s.m.gostoso-touros
Leia mais
canion-do-xingo
Leia mais
jalapao-tocantins-fervedouro
Leia mais
roteiro-rn-natal-extremoz-maracajau
Leia mais
litoral-praias-paraiba
Leia mais
rota-cerveja-artesanal-canada
Leia mais

 

Turismólogo de profissão, Lucas é o faz de tudo no Boralá (inclusive escrever em 3ª pessoa, rs), desde montar o site, otimizar os texto, tratar cada foto, mídia social etc… Lucas se diverte criando, escrevendo e claro, viajando.

24 COMENTÁRIOS

  1. Confesso que não conhecia e nunca tinha ouvido falar na Península de Maraú, mas fiquei louco de vontade de conhecer! Temos muita vontade de explorar a Bahia. Quando chegar a hora, com certeza iremos lembrar deste belo lugar! Abraço

    • Olá Juliana, que ótimo ler isso. Obrigado 🙂
      Esse roteiro da para fazer junto com Itacaré, sem palavras o tanto de beleza na região da Costa do Cacau.
      Recomendamos!

Deixe sua crítica, comentário e mais DICAS se tiver. BORALÁ!!