Ruta 40
Argentina de norte a sul



 

A Ruta 40 ou La Cuarenta, é a maior rodovia da Argentina com mais de 5000 km de extensão, ela corta 11 províncias norte a sul. Sem dúvida a rodovia mais importante do país e uma das mais extensas do mundo.

A Ruta 40 tem início e fim na província de Jujuy ao norte da Argentina, divisa com a Bolívia e também no sul do país na cidade de Rio Gallegos na província de Santa Cruz, já em região da Patagônica.

Uma mística foi criada em cima da Ruta 40, assim como a Road 66 que cruza os Estados Unidos. Paralela a cordilheira dos Andes, a rodovia é o desejo de muitos motociclistas e aventureiros, é um grande símbolo para a Argentina.

A Ruta 40 que além de ligar o norte ao sul, é conectada também ao oceano atlântico em Rio Gallegos. Durante sua passagem pela província de Salta, ela atinge o seu ponto mais alto, chegando aos 4895 metros acima do nível do mar.

Durante o seu percurso, a Ruta 40 atravessa mais de vinte parques nacionais, dirigir por essa estrada é a certeza de admirar uma beleza épica, formada por lagos e flamingos, montanhas e vulcões, vinícolas e pampas argentino.

O nosso começo foi na fronteira de Porto Natales para El Calafate, depois de percorrer o circuito W em Torres del Paine, desse ponto de partida, chegamos em Jujuy um Mês depois, porém por diversas vezes seguimos em direção ao norte pela Carretera Austral, que seria a Ruta 40 da Patagônia do Chile.

ruta-40-argentina-blog-de-viagem
Ruta 40 – Argentina
posto-gasolina-ruta-40-argentina-road-trip
Posto de Gasolina, Ruta 40 – crédito: Lucas CN
ruta-40-deserto-patagonia
Ruta 40, SUL – crédito: Lucas CN

Ruta 40 – Região Sul

No trecho da Patagônia que estão os mais belos cenários. Em nosso mochilão em 2014, nós percorremos diversos quilômetros e passamos muitas horas pela ruta quarenta.

Um dos cenários mais espetaculares da Ruta 40 sem dúvida foi entre El Calafate e El Chaltén. Nós estavamos dentro de um ônibus, mas se você tiver a chance ou a opção de ter um carro, não se arrependerá de parar quando quiser para fotografar, principalmente ao nascer ou no pôr-do-sol.

Durante nossa passagem por Bariloche, nós alugamos um carro para percorrer a Rota dos 7 Lagos que liga a cidade até San Martin de Los Andes. Optamos por isso para parar e contemplar da beleza da Ruta 40 na região dos lagos, mais próxima da cordilheira.

region-ruta-40-el-calafate
Região de El Calafate (sul) – crédito: Lucas CN
region-ruta-40-el-calafate
Região de El Chaltén (sul) – crédito: Lucas CN
estrada-40-argentina
Região dos 7 lagos – crédito: Claudia B.
bariloche-ruta-40-viagem
Região de Bariloche (sul) – crédito: Claudia B.

Ruta 40 – Região Norte

No extremo norte da Argentina, na província de Jujuy, embora seja uma região desértica, as estradas são recortadas por coloridas montanhas e passa muito perto do segundo maior salar do mundo, as Salinas Grandes.

A região norte da Ruta 40 também é muito bonita com os imponentes picos da Cordilheira dos Andes. Na região de Salta você chegará no ponto mais alto da estrada, são mais de 4 mil metros de altitude, mas desde Cafayate a paisagem é de encantar qualquer um na região pré cordilheira andina.

Ruta 40 – Região Central

Entre norte a sul, na metade do caminho, você poderá apreciar uma das coisas que a Argentina sabe fazer muito bem, vinhos! Em Mendoza você terá a chance de conhecer algumas das inúmeras vinícolas da cidade.

ruta-40-pre-cordilheira-argentina
Ruta 40, NORTE – crédito: Lucas CN
esquel-argentina-ruta-40
Região de Esquel (norte) – crédito: Claudia B.
cafayate--argentina-ruta-40
Região de Cafayate (norte) – crédito: Claudia B.
jujuy-argentina-ruta-40-argentina
Região de Esquel (norte) – crédito: Claudia B.

Ruta 40 – Planejando uma Road Trip 

Para quem está planejando uma road trip, existem muitas coisas que devem ser levadas em consideração.

→ Na região sul, a maioria das acomodações ficam abertas na alta temporada apenas, entre novmebro e março, assim como empresas de ônibus. Dirigir durante o inverno pode ser muito perigoso pelas condições climáticas e dificuldade de socorro.

→ Tanto ao norte como ao sul, você deve planejar muito bem os quilômetros a ser percorrido com o conbustivel, pois postos de gasolinas e mesmo cidades podem estar a longas horas uma das outras.

→ A Ruta 40 não é toda asfaltada, na região sul uma boa parte é de chão batido,
ou de ripido, como dizem por lá e boa parte sem sinalização.

Durante o seu percuso, a Ruta 40 tem diversos atrativos e passa muito perto de alguns outros. Por estar nas proximidades da cordilheira dos Andes, são muitas coisas a ver e fazer como:

  • Geleira Perito Moreno – El Calafate
  • Fitz Roy – El Chaltén
  • Las Cuesvas de las Manos – Los Antigos
  • Parque Nacional e Cavalgadas – Esquel
  • Cervejas e cervejarias – El Bolson
  • Lagos e estações de esqui – Bariloche
  • Vinícolas – Mendoza
  • Vale de la Luna e Talampaya – Valle Fértil
  • Viícolas e Quebradas de las Conchas – Cafayate
  • Museu Inca de Alta Montanha – Salta ”la linda” 
  • Quebrada de Humahuaca e Quebrada de Purmamarca e Salinas Grande – Jujuy

Se você estiver buscando grande rotas para uma sensacional road trip, pode incluir a Ruta 40 em seus planos. Você irá conhecer uma outro lado do país, outro clima, culturas e pessoas.

dirigindo-ruta-40-road-trip-argentina
Dirigindo pela Ruta 40 – crédito: Claudia B.
ruta-40-mendoza-argentina-road-trip
Região de Mendoza (central) – crédito: Lucas CN
salinas-grandes-jujuy-argentina-ruta-40
Salinas Grande, Jujuy (norte) – crédito: Lucas CN
ruta-40-blog-de-viagem
Ruta 40, Boralá blog – crédito: Lucas CN

Para você que pensa que visitar a Argentina se resume em conhecer a agitada capital Buenos Aires, fica nossa dica de lugares lindos e diferentes que o país tem.

 


Leia mais


buenos-aries-argentina
Leia mais
ushuaia-patagonia-argentina
Leia mais
perito-moreno-patagonia-argentina
Leia mais
dicas-de-viagem-blog-de-viagem
Leia mais
puerto-natales-patagonia-chile
Leia mais
isla-magdalena-magalhaes-patagonia-chile
Leia mais

 

Turismólogo de profissão, Lucas é o faz de tudo no Boralá (inclusive escrever em 3ª pessoa, rs), desde montar o site, otimizar os texto, tratar cada foto, mídia social etc… Lucas se diverte criando, escrevendo e claro, viajando.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here